Otros Capítulos Hermanos:

    

    

     

Cuaibá~2015

Asociación civil
Programa Panamericano de Defensa y Desarrollo de la Diversidad biológica, cultural y social.

 


    

Volver al inicio

Volver al inicio

ISSN 2362-6518

Evite usar papel - Cuidemos nuestros árboles - Compromiso con el medioambiente      

Principal • Estatuto • Publicaciones • Investigaciones • Desarrollos • Documentos • Seminarios/Talleres/Congresos

 

 INTEGRANTES DA COMISSÃO DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DIALOGAM COM OS REGISTRADORES DE IMÓVEIS DO ESTADO

Promovida pelo IRIB, com apoio da Anoreg-MT, a reunião contou com a participação da professora argentina Teodora Zamudio, vicepresidente de Pro-Diversitas

Cerca de 30 participantes atenderam ao convite do IRIB para participar de reunião realizada na semana passada, em Cuiabá/MT. O encontro reuniu também integrantes da Comissão de Regularização Fundiária da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, que tiveram a oportunidade dialogar com os registradores de imóveis presentes, muitos deles vindos de comarcas distantes da capital.

Realizada com o apoio da Anoreg/MT, a reunião foi coordenada pelo vice-presidente do IRIB no estado, José de Arimatéia Barbosa, registrador de imóveis em Campo Novo do Parecis. Ele deu boas vindas aos participantes em nome do presidente do Instituto, João Pedro Lamana Paiva, ressaltando a importância do trabalho conjunto entre as entidades de classe para o fortalecimento da classe registral imobiliária.

José de Arimatéia ressaltou também que o evento foi um marco importante no alinhamento de ações entre o IRIB, a Anoreg-MT e a Universidad Del Museo Social Argentino - UMSA, representada pela professora Teodora Zamudio, convidada especial do evento.

Em sua participação, a presidente da Anoreg-MT e suplente do Conselho Fiscal do IRIB, Maria Aparecida Biachin Pacheco, registradora de imóveis em Poxoréu/MT, tratou do Provimento nº 44, de 18 de março de 2015, do Conselho Nacional de Justiça, que estabelece normas gerais para o registro da regularização fundiária urbana.

Segundo ela, o normativo nacional torna desnecessária a regularização lote por lote. “Há a possibilidade de você converter a posse legitimada em propriedade antes do cinco anos. E, ainda, é possível regularizar condomínios edilícios e casas geminadas. Esta é mais uma ação para simplificar a regularização fundiária e não termos tantos entraves e complicações”, afirmou.

 



INSTITUCIONES
ELABE~Mainetti


REVISTAS

Agusvinnus

Cultura y Drogas
Salud & Sociedad

PROGRAMAS
Derecho de los Pueblos Indígenas (UBA)


PROPUESTAS
Tesis doctorales y Magistrales

Biotech & Derecho

Cuestiones bioéticas entorno a la muerte

Evite usar papel - Cuidemos nuestros árboles - Compromiso con el medioambiente    

Preguntas o comentarios sobre este sitio Web

Programa Panamericano de Defensa y Desarrollo de la Diversidad biológica, cultural y social, asociación civil I.G.J. res. 000834/00 Talcahuano 1146 2° B  C.A.B.A.(1013) Argentina

© ES MATERIAL DE DIVULGACIÓN.  Está autorizada su reproducción total o parcial.  Agradecemos citar la fuente. 

Última modificación: lunes, 25 de abril de 2016